segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Desejos

Hoje é o ultimo dia do ano de 2012, por norma as pessoas fazem uma perspectiva do ano e planos para o ano seguinte. Também costumo ter sonhos, esperanças e certezas para o ano que vai entrar de novo na minha vida, mas desta vez não.

Não sei se vou conseguir explicar bem por palavras mas vou tentar. Desde o dia em que estou grávida que estou á espera de acreditar que o estou. Já vi o meu bebé na ecografia, já sei de que lado está na barriga porque o sinto, porque já tenho uma barriga maior mas mesmo assim não acredito que estou grávida.

Todos os dias acordo a pensar se estará e ficará tudo bem com o bebé, agora e para sempre. Todos os dias acordo com um sentimento de que isto não é realidade mas uma história que não é minha. Eu pensava em ser mãe mas agora que tenho dentro de mim um filho não acredito e só penso: SSooooccccoooorrrrrooooo vou ser mãe!!!

Ser mãe? O que é isso??? As teorias são todas muito giras e imensas quando não temos um filho dentro de nós mas a partir do dia em que a vida começa a crescer dentro de nós essas ideias e teorias caem todas para o chão. A primeira preocupação e única é de que a criança seja saudável, independentemente do sexo (e eu gostaria de ter um rapaz mas isso passou para 2º plano).

Existem artigos, livros, blogs sobre ser mãe mas nada nem nenhum nos ensina a sê-lo e todos os planos e expectativas passam para desejos de uma vida cheia de saúde, paz e cada vez mais amor, os sonhos de viagens, roupas, gadgets passam para planos quase invisíveis - e eu tenho uma lista enorme de sítios que gostava de conhecer com o meu filho e alguns para daqui a 5 anos, 10 anos etc. e tenho por norma ir realizando os meus sonhos.

Basicamente o que tenho pensado é no que é ser mãe e a mulher preocupada com o futuro, com a vida, cheia de planos e ideias desaparece nesses pensamentos e vem-me à ideia de que ser mãe é o que o meu filho me ensinar a ser e depois logo se vê.

Feliz Ano Novo.


domingo, 30 de dezembro de 2012

Boneco de Neve?

Os meus pais todos os fins de semana levam-me a comer um gelado. A minha mãe tenta resistir mas não consegue e o de hoje era tão grande mas tão grande que eu fiquei a pensar:
- Com tanto gelado vou nascer boneco de neve ou cone?

SNS

Ainda não percebi bem a indignação em relação ás declarações de Fernando Leal da Costa, Secretário de Estado da Saúde...

Pelo que eu ouvi o Sr. disse que o SNS estava condenado e que se não houvesse contenção, essa condenação, não estaria muito longe e seria uma realidade e disse o motivo: 500 milhões são gastos em doenças derivadas do tabaco, 200 milhões do álcool e 100 milhões dos diabetes.

Onde está o stress destas declarações? É verdade e mesmo como ex-fumadora sou da opinião que ele tem razão: eu arrisco-me a ficar sem apoios na saúde porque uma cambada de parvos decide que se estão completamente nas tintas para os outros e nunca pensam em prevenção, no futuro e nos outros.!?

Se eu ainda fosse fumadora achava justo, que se eu tivesse uma doença, comprovadamente derivada desse meu acto continuo de ingerir fumo do tabaco, drogas e álcool em exagero eu deveria de pagar mais pelos meus tratamentos e alargava a idade de isenção para as crianças/adolescentes. Assim como se tivesse uma doença sexualmente transmissível devido a uma vida promiscua sem protecção.

A ter de fazer uma escolha esta seria a minha escolha, não é a ideal mas seria a possível para não prejudicar todos em detrimento de alguns irresponsáveis.


sábado, 29 de dezembro de 2012

Momentos Miau








Opá estão a fotografar-me???


Vá lá... sou tímida!


Estão mesmo a fotografar-me???


Parem lá com isso!!!


sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Falsas Entradas


Porque fui entregar pessoalmente a prorrogação da baixa, ao contrário do que me disseram para fazer porque bastava enviar por correio ou a mesma ia lá parar informaticamente descobri, sem querer, que a minha última baixa não tem a entrada de risco clínico mas de doença normal (paga a 65%) com a agravante que a declaração da obstetra não consta nos ficheiros informatizados e lá passei eu mais uma manhã para cá e para lá porque tenho as cópias de tudo.

Custa ser competente?


Ai aiiii


Diz-me, literalmente, o médico de família no inicio do mês de Dezembro:
- Você tem uma gravidez de Alto Risco mas gravidez não é doença portanto não lhe passo a baixa porque não quero ter de a justificar mas se a obstetra a passar eu depois faço a prorrogação.

Acabei por perceber que as baixas são objectivos de trabalho e não objectivos de saúde.

Medo


Existem dia, como o de hoje, em que não consigo deixar de estar super preocupada com o meu bebé, eu tento fazer coisas que me distraiam mas a preocupação não sai da minha cabeça.

Tenho medo, muito medo!!!

Olá


No dia 18 de Dezembro tiraram-me as medidas, estão normais e com 12 semanas e 6 dias acho que já posso ir para a night!!! Ou não. Tenho de negociar bem a coisa com os meus pais.

Aquelas malucas sorriam e aplaudiam todas babadas, sou um grosso cheio de sorte ou grossa porque como andava todo maluco ás voltas e cambalhotas ninguém me conseguia agarrar. 

Juro que não fumei, nem bebi nada antes...

Xixis

Com a quantidade de xixis que a minha mãe faz, aposto que quando sair daqui já não vou precisar de usar fraldas... 

Nessa altura ela á terá feito todas a mijinhas!


O Fantasma

Então não é que ninguém consegue ouvir o meu coraçãozinho a bater? Quero lembrar que além de eu ainda ser muito novo já passou a altura do Halloween...

Ora querem ver que sou um fantasma!?


O Livrinho


A minha mãe tem um livrinho novo, é de gravida, ela sorriu quando o recebeu mas eu não acho nada interessante.

Para que é que serve um livro sem bonecos?



Sou Giro


Este sou eu com quase 10 semanas, estou deitadinho e com as pernas encolhidas como um sapinho - só falta ser beijado na boca por uma grossa para ser o maior do mundo!!!

Sou giro, giro, giro e estou crescido com 32 mm.  Não tarda nada já tenho 18 anos e vou convidar, para beber uns copos, o Brad Pitt que mesmo nessa altura, sem dentes, vai continuar grosso como o caraças. 

Só tenho de esperar para ver se vou ás grossas ou aos grossos...

A propósito: digam aquelas malucas para pararem de me fazer cócegas na barriga da minha mãe para eu parar de dar ás pernas.

O Buraquinho


Oh mãe escusas de estar sempre a olhar para baixo. sim para baixo para aquele buraquinho, aquele....
Eu não vou fugir como o outro, além disso, está frio lá fora!!!



Bolas...

Bolas, bolas, bolas...
Ela enervou-se e quem anda aqui ás voltas sou euuuuuuuuu......
Socorrrrrrrro não tenho idade para andar de montanha russsaaaaaa.....


Tirem-me daquiiiiiiiiii. Ohhhh mãeeeeeeeeee
Tá lá quietinha pah que ainda não existem coletes salva vidas para o meu tamanho!



Calma?

Ontem ouvi a minha mãe dizer ao meu pai que ia voltar a fazer meditação para a acalmar e me acalmar.

Com tanta calma não virá o dia em que vou sair de casa numa segunda feira e só vou chegar á escola numa sexta?

Tá Burro?


No outro dia ouvi o meu pai dizer para a minha mãe que se eu nascesse em Junho, em Agosto, ele tirava férias e ainda íamos para a praia.

- Tá burro? Mas o que é que vou fazer para a praia se ainda não consigo ver as gajas boas!?

Gravidez de Risco Clínico


É o estado em que me encontro.

A primeira é dada por um prazo de 12 dias. Depois disso tem de ser renovada pelo médico de família ou obstetra apresentando obrigatoriamente uma declaração que tem somente de dizer: Gravidez de Risco Clínico e a data prevista do parto. 

Quem tem obstetra particular tem de apresentar na Segurança Social, juntamente com o papel da baixa, o modelo 5051 que pode imprimir aqui mas atenção que a baixa só pode ser passada por um médico do SNS, ou seja, do Estado.

 Se tem dúvidas aqui está o Guia Prático de Subsidio de Risco durante a Gravidez mas também pode ligar o  808 266 266 (número azul com o custo de chamada local - Estrangeiro + 351 272 345 313 nos dias úteis das 9h ás 17h). De todas as vezes que liguei fui sempre bem atendida, explicaram-me tudo e foi bastante rápido, ao contrário do que se diz na comunicação social - se calhar tive sorte.

Alimentação para Grávidas e Não Só





Rastreio Pré- Natal




Toxoplasmose



1ª Consulta

Primeiro fui falar com uma enfermeira muito simpática que me explicou muitas coisas.

Também gostei da obstetra e a enfermeira tinha-me falado bem dela, mas fiquei um bocado desiludida porque pensava que uma consulta de obstetrícia era uma conversa de amigas mas, essa conversa temos com a enfermeira, a obstetra só analisa os dados, os exames, as ecos, etc..


Mas senti-me satisfeita e bem recebida, até tive direito a pequeno almoço gratuito enquanto estava na sala de espera e por falar em espera... não, não esperei muito tempo nem para ser atendida pela enfermeira, nem pela obstetra portanto, no geral, o "saldo" foi bastante positivo para o que se ouve falar dos hospitais públicos. 


Baseado em alguns exames a endócrinologista já me avisou que vai, de novo, alterar a minha medicação portanto amanhã lá estou eu outra vez... tirando que depois de amanhã tenho outro médico e depois tenho ecos e na semana seguinte mais exames e médicos e...e...e... fico a pensar como é para quem não tem tantas consultas e exames para fazer ou para quem tem mas não tem baixa paga a 100% - é que são  muitos dias e horas a faltar ao trabalho (deve de ser constrangedor tanto para os empregados como para os empregadores).



Por agora vou fazer o que me aconselharam: repousar.

Medicina IV Grávidas


Pelo que consegui perceber esta consulta ou especialidade é recente e só é exercida no Hospital São Francisco Xavier.

É quase uma especialidade para grávidas que têm problemas ou doenças diferentes das grávidas com saúde normal.

A consulta foi pedida pelo meu médico de família e tirando o facto de ser na sala ao lado da obstetrícia e de demorar mais na espera, o resultado parece ser excelente. Foram feitas perguntas diferentes, coisas mais especificas e foram mandados fazer exames que nem o médico de família, nem a endócrinologista  nem a obstetra mandaram fazer. São exames específicos porque a função deles é despistar e prevenir algumas doenças que não se encontram nos exames normais mas pelo que consegui entender, nem todas as grávidas são encaminhadas para esta consulta, só mesmo as requerem um cuidado especial ou alguns "ismos" conforme disse a Dra. 

Eu tenho um hipotiroid"ismo" e um outro "ismo" qualquer devido a uma inflamação que me apareceu nas costas e "ismo"  + "ismo" pode dar outro "ismo" que se pode prevenir - eles fazem a ligação das nossas doenças, tentam encontrar a causa e bloqueá-la para que não encontrem outros caminhos e formas de se exprimirem no nosso corpo.


E assim foi mais uma consulta e assim serão mais exames, ao sangue, coração etc.

Verdades

Verdades podem ser encontradas em pequenas coisas como pacotes de açúcar:

"Os grandes problemas são criados pela falta de tomar pequenas decisões."


quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Natal 2012

Aqui vai parte do Natal cá de casa onde até no wc existem decorações.

Algumas coisas são novas porque todos os anos existem coisas novas, outras vão-se mantendo ao longo do tempo exactamente no mesmo lugar ou em lugares diferentes mas sempre com muita cor e alegria porque o Natal é das minhas épocas favoritas. 









Santa Clãos


Santa Clãos



Bonecos de Neve


A família de neve foi feita com arroz e depois o meu querido marido lembrou-me que o arroz ganha bicho e eu fiquei triste porque as instruções diziam para se fazer com arroz. 

Em vez de meias porque não tinha nenhumas velhas usei mangas de camisolas verdes e brancas que estavam quase a chegar ao caixote do lixo.

Os olhos comprei a 0,30€ numa retrosaria, o nariz são palitos pintados de laranja, usei botões e feltro para os enfeites e 2 missangas para os olhos do Filho.



O Pai Neve


A Mãe Neve


O Filho Neve

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

A Fonte


Ahhhh acabei de presenciar um momento estranho e descobri uma verdade sobre mim que desconhecia: Tenho uma fonte de água dentro da minha barriga (espero que seja pura para engarrafar e ganhar uns trocos) :P

Com a casa toda em absoluto silêncio não é que oiço o som da água!!? Achei que estava a ouvir coisas mas não estou a ouvir água dentro da minha barriga eehhhhhh 

Já não preciso de comprar uma fonte zen- vou riscar da minha wish list


terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Quase Dia 25

Meu Deus Soccorrrrrroooooo!!! Só agora, ao ler o blog de uma amiga, é que me apercebi que é quase Natal, tenho tido tantas consultas médicas, preocupações e dores por causa da gravidez que ou estou no hospital em consultas e exames ou estou em casa, obrigatoriamente a descansar - tirando a parte do afazeres super básicos para manter a casa em ordem.

Tudo bem que já tenho a casa toda decorada, fiz isso na última semana de Novembro quando a minha cabeça ainda estava "livre" - sim a casa toda, desde a sala ao wc mas falta ainda tanta coisa, tinha planeado fazer tantas coisas, bricolages, comidas decoradas, etc e nada... só consegui fazer uma árvore de Natal de enfeitar e bonecos de neve - tenho de conseguir fazer, pelo menos o centro de mesa, tenho de conseguir, tenho de conseguir...

As comidas decoradas acho que vou deixar passar ao lado, primeiro porque a minha alimentação é bastante restrita e depois porque implicaria muito tempo em pé.

E as prendas... as prendas... este ano ainda não comprei absolutamente nada para ninguém, é horrível. Por esta altura já costumo ter tudo preparado para distribuir e estamos quase a chegar ao meu Dia Mágico e ainda não tenho nada.... acho que me vou passar este ano e muito!!!

E logo eu que A M O o Natal...AAAMMMMMMOOOOOOOO


quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Cucu da Tola?

Já aqui disse uma vez que houve quem me deita-se abaixo a dizer coisas como: o que é que pensas que sabes? tu não sabes nada...

Muitas vezes duvidei de mim, em muitas coisas, mas ninguém me demoveu das minhas crenças. Chamem-me doida, maluca o que quiserem porque isso pouco ou mesmo nada me diz.

E mais uma vez digo, que depois de saber todas as datas importantes do que me ia acontecer desde o dia em que fizesse 30 anos e que de facto foi um dia que mudou a minha vida, acertei em todas as datas importantes da minha vida até aos 40 anos.

E hoje com 40 anos, está a acontecer o que eu já tinha dito a alguns dos meus amigos: Eu vou ser mãe aos 40 anos, não aos 41 mas aos 40 e há cerca de 2 anos soube que os meses de Setembro e Junho estariam ligados com o nascimento do meu filho e assim será.

Hoje tenho 40 anos desde o dia 5 de Julho, estou grávida desde Setembro, o meu filho nascerá em Junho, 5 dias antes de eu fazer 41 anos.

E para quem continuar a achar que sou "cucu" da tola posso dizer que sempre desconfiei qual seria o sexo do meu filho (mas ainda não vou revelar porque ainda não vi nas ecografias) e que dos 40 aos 60 anos aparece um branco na minha vida como se ela deixasse de ser só minha e estivesse dependente de mais alguém, alguém ou alguma coisa, mas depois dos 60 anos... A minha vida cheia de muito amor está escrita e o principal de tudo é que vou ser Feliz.


segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Mal Abriu... Fechou!

Hoje estive numa Loja do Cidadão, na Segurança Social e ás 8h 50m, 20 minutos depois de ter aberto, já estavam esgotadas as senhas A.

Não que eu seja assídua frequentadora do sitio em questão mas parece-me que cada vez mais aquilo é um lugar obrigatório para cada vez mais pessoas - fico triste.

Não, não, eu fui logo atendida.


segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Ursinho Ted

Não viram? Têm de ver porque é hilariante mas apesar de ter um ursinho não aconselho a que os vossos filhos vejam.



O Cão do Vizinho

Na Sexta-Feira colei, pela segunda vez, isto no prédio quase em frente ao meu mas parece-me que agora fui um bocadinho mais má porque tenho tido sossego. Vamos lá ver se continua!!!

Só falta resolver a questão da máquina de lavar roupa do meu vizinho de baixo.

Na Rádio Popular

Foi a loucura no sábado na Rádio Popular de Sintra. 

Quando lá cheguei ás 9h 45m já havia uma fila quase até ao Média Market e como boa cidadã fui para fila e aprendi alguns truques para este tipo de promoções que nunca tinha experimentado - eles davam o valor do IVA em desconto imediato e eu tinha a máquina de lavar loiça e o aspirador avariados.

Tem de se ir uns dias antes falar com os funcionários sobre o queremos e quando lá chegarmos no dia das promoções agarrar-mo-nos ás coisas como se o mundo fosse acabar e correr que nem um doido para caixa.

Eu não me podia agarrar á máquina de lavar, tive de ir para fila das encomendas e o meu marido lá foi ver a máquina. Na minha ingenuidade de personagem que foge a 7 pés deste tipo de confusões, achei que podia lá chegar e ser atendida pelo funcionário mas ele só está ali para fazer encomendas, felizmente a Sra foi simpática e esclareceu-me umas dúvidas e comprei a minha primeira opção.

Com o desconto que obtive nas duas coisas, o aspirador acabou por ficar a 20€ e acabei por comprar os electrodomésticos de gama média alta.

As filas para as caixas eram assustadoras e já estava a ver que ainda ia lá almoçar mas como não sou de ficar quieta e antes que o meu marido me dissesse para ficar sossegada, lá fui eu dar uma volta a tentar descobrir o que estava mal nas filas mas descobri que as filas estavam certinhas e a serem respeitadas. Ora bolas que já não tinha com que reclamar! 

Dei mais uma voltinha de descobri uma fila com meia dúzia de pessoas, era uma caixa que tinha aberto recentemente e era só para pagamentos com dinheiro. Pagamentos com dinheiro? Isso é mesmo eu, é mesmo comigo e lá me despachei num abrir e fechar de olhos graças a minha mania de pagar a pronto e com dinheiro.

Na caixa ao lado estavam uns senhores da Mercedes com 5 ou 6 televisores, eu acho que eles foram lá comprar as tv's com 23% de desconto da rádio Popular, para depois meterem como despesas na empresa e ganharem mais 23% no IVA, mas isto sou só eu a achar...

Muita gente não sabe e eu não ia preparada para reclamar mas a Rádio Popular estava a cometer uma grande infracção: Não tinha caixas prioritárias e é obrigatório.

Fiquei um bocado chocada e surpreendida com a quantidade de televisores que vi passar, acho que a maioria das pessoas foi atrás desse bem de primeira necessidade chamado plasma e lcd - eu ainda tenho o meu tijolo, gostava de o mudar mas lá está: isso não contribuiu para a minha felicidade.

E foi assim que passei uma manhã assustadora, na primeira vez que decidi aderir ás promoções malucas e confesso que não me senti lá muito bem...acho deprimente esta correria aos trocos, esta doideira que se instalou mas compreendo o que lá me levou e o que leva outras pessoas. 
Sinceramente não sei se repito a experiência por a achar emocionalmente degradante (não estar a passar a fome). É completamente animal sermos rebaixados desta maneira e é como se fossemos mendigos. É humilhante o que quem nos governa faz fazer porque o que quase nada que poupamos tornou-se numa fortuna. 
O que sentimos não é uma alegria imensa porque comprámos mais barato mas sim uma tristeza imensa porque temos de nos comportar degradantemente como animais atrás do osso.



sábado, 24 de novembro de 2012

Dias de Chuva

Gosto de dias de chuva. 

Gosto de a ouvir cair mas tenho saudades de quando a ouvia em casa da minha mãe. Ouvia-a a cair na rua e ouvia-a a cair no telhado. Quando chovia muito parecia que ia furar o telhado mas eu gostava daquele som, habituei-me a ele e cresci com ele.

Agora oiço a chuva ao longe, tenho dias que nem a oiço, só quando saiu de casa é que sei que choveu mas o pouco que oiço dá-me um grande gosto.