Livro: Crónicas do Pássaro de Corda

O livro é surreal, lê-lo é como ouvir jazz ou blues, os ritmos, histórias, imagens misturam-se ao ponto de não sabermos se acreditamos ou não no que estamos a ler.


Comentários